quarta-feira, 19 de julho de 2017

Paris - o que visitar



Paris tem uma enorme oferta a nível cultural. Existem centenas de museus, igrejas e locais de interesse. Há os mais óbvios e os menos conhecidos. Este site foi bastante útil para planear a nossa viagem e conseguir organizar os nossos dias por bairros. 

O que não podem mesmo perder em Paris? É sempre relativo: gostam mais de arte moderna ou antiguidades? De vida nocturna ou momentos relaxantes? Descobrir Paris para mim continua a ser percorrer as ruas, dar um passeio à beira do rio, ir experimentando a pastelaria e as especialidades locais... 

Não percam a Torre Eiffel (para comprar bilhetes online, pensem em fazê-lo com pelo menos dois meses de antecedência), o Dôme des Invalides, as pontes, a Opéra Garnier, o Louvre, Jardin des Tuileries,  la Place de la Concorde, le Jardin du Luxembourg, l´Arc de Triomphe, les Champs Élysées, le Grand Palais, le Petit Palais,  le Panthéon, le Moulin Rouge, Montmartre, le Sacré Coeur, les Forum des Halles, le Centre Pompidou, la Sainte Chapelle (top!), Norte Dame, les passages couverts, l´Église de la Madeleine, ... Paris tem tanto para ver e descobrir. Reservem pelo menos 3/4 dias para conhecer Paris. 

Aconselho mesmo a visita ao Château de Versailles, onde facilmente passam um dia, entre o palácio principal, os jardins, a casa de Marie Antoinette, le Petit Trianon. Podem levar piquenique para comer nos Jardins. Aconselho a visita aos fins-de-semana, terças ou quintas porque é quando as fontes são accionadas (embora durante poucos minutos). Comprámos o bilhetes online para evitar as filas (que foram enormes na mesma), e para aceder a tudo pagámos 27€/ adulto. Chegar a Versalhes é fácil: basta apanhar o RER C. 

1 comentário:

Carpe Diem disse...

Eu estive oito dias em Paris e mesmo assim fiquei com a sensação que há tanto para descobrir!

Bjs