segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Bowlcake de cacau e avelã


Vamos começar a semana com uma receita nova, até porque há dias em que precisamos de chocolate!
Para este Bowlcake vão precisar de:

  • 40 gr de flocos de aveia
  • 1 banana madura
  • 1 ovo 
  • 3 colheres de sopa de leite
  • 2 colheres de sopa de cacau magro
  • Fermento qb
  • Avelãs picadas grosseiramente
  • Os mais gulosos podem pôr também pepitas de chocolate negro

Basta esmagar a banana com um garfo. Colocar numa taça de pequeno-almoço e ir colocando e misturando todos os ingredientes: banana, ovo, leite, flocos, cacau e fermento. No final, basta adicionar algumas avelãs picadas grosseiramente, e/ ou chocolate negro. Coloque 3 minutos em potência máxima no micro-ondas. Deixar arrefecer. Se quiserem, coloquem um topping ou fruta fresca por cima. E ficam com um pequeno-almoço delicioso e nutritivo para enfrentar mais um dia. 

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Entre irmãs | Kristin Hannah


Esta é a história de duas irmãs que vivem afastadas e com mágoas antigas. A Meghann alcançou uma carreira de sucesso como advogada e não acredita no amor. A Claire é mãe solteira, acredita nas emoções e sentimentos e dedica-se a um projecto profissional simples e sem grandes ambições. Depois de mais de 20 anos separadas, a vida aproxima-as outra vez...

É uma história demasiado óbvia. Que segue o rumo que se encontra mil vezes em qualquer livro ou novela do género. Todos os acontecimentos são totalmente esperados. Não há surpresas, e nem me apaixonei por nenhuma das personagens. Foi uma verdadeira perda de tempo (ainda são quase 450 páginas).

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Comer de forma saudável no restaurante



Tenho a sorte de poder trazer marmita para o trabalho. Assim, sei aquilo que realmente como. Mas há quem precise de comer fora todos os dias, o que se pode tornar problemático. 

Hoje em dia, têm surgido vários restaurantes com pratos mais saudáveis, e há cada vez mais sítios que oferecem, por exemplo, acompanhamentos mais interessantes em termos nutricionais. Já há pelos menos dois sítios em Lisboa em que se pode ir comprar marmitas saudáveis, como o Club Life to Go. 

Mas de uma forma geral, se frequentarmos aquele típico restaurante de rua, a maioria das vezes as opções são muito limitadas e deparamo-nos com pratos cheios de molhos, batatas fritas e pouco mais. 

Mas há truques simples para minimizar os estragos:
  • Escolher bem o restaurante. Há locais que mais vale riscar logo da lista, como McDonalds, telepizzas, e afins.
  • Abdicar do pão, das azeitonas, dos rissóis, entre outras entradas que possam estar na mesa. Se a fome apertar, sempre pode pedir uma sopa. O ideal é ter feito um lanche a meio da manhã para não chegar à hora de almoço com uma fome tremenda.
  • Pedir sempre salada ou legumes para acompanhar o prato.
  • Optar pelos pratos grelhados, sem molhos. 
  • Optar pela melhor opção de hidratos de carbono. O arroz branco é sempre preferível às batatas fritas.
  • Resistir à sobremesa ou optar por fruta fresca. Mas dias não são dias, e se a sobremesa valer mesmo a pena, sempre pode dividir com quem for almoçar consigo. 
  • Se gostar tanto de sushi como eu, tente privilegiar as peças com menos arroz e sashimi, e não abuse dos molhos.
  • Comer devagar é uma regra de ouro, dentro ou fora de casa.
  • Evitar os refrigerantes. Admito que quando vou a um restaurante nunca resisto à minha Coca-cola zero
Mas se for a um restaurante para uma ocasião especial, ou para conviver com amigos, o mais saudável será mesmo não fazer da refeição um bicho de sete cabeças e aproveitar o momento, desfrutar do convívio e da boa comida. Porque comer tem de ser sempre um prazer!

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Frango recheado



Se forem como eu, estarão sempre à procura de novas formas de confeccionar frango. Farto-me facilmente dos bifes de frango grelhados. Há dias uma amiga partilhou uma receita no Facebook e testei-a ontem. Está aprovadíssima! É simples mas os sabores são suaves e muito agradáveis. E continua a ser uma opção muito saudável. 

Vão precisar de:

  • Peitos de frango
  • Sal e Pimenta
  • Courgette às rodelas finas
  • Pimento vermelho às tiras 
  • Cebolas às rodelas
  • Tomate às rodelas
  • Orégãos
  • Azeite
  • Queijo 0% ralado
Forrem um tabuleiro de ir ao forno com papel vegetal. Temperem previamente os peitos de frango com sal e alho moído. É preciso fazer vários cortes nos peitos mas sem nunca chegar ao fim. Em cada corte, colocamos uma rodela de courgette, uma de cebola, outra de tomate e uma tira de pimento (na receita original usavam pimento amarelo, mas eu usei vermelho). Depois é só temperar por cima com orégãos, pimenta, mais sal e outras ervas que gostem. Põe-se um fio de azeite e queijo ralado. Vai ao forno até estar cozido e deixa-se tostar um pouco. 

Se quiserem podem consultar o vídeo da receita aqui

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Vamos lanchar de forma saudável e deliciosa?



Deparava-me muitas vezes com fotografias desta mistura, sem ficar convencida. Mas decidir experimentar e fiquei rendida. Nada de mais simples para preparar e podem variar de acordo com as vossas preferências.

Numa tigela, é só colocar:

  • Fruta aos cubos - eu adoro maçã
  • Queijo fresco 0% aos cubos
  • Sementes de abóbora ou outras à escolha
Tinha um resto pequeno de granola e coloquei também. 

Rápido, simples e delicioso. Tudo o que precisamos para enfrentar as longas tardes de trabalho! 

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Essence Get Big Lashes Volume Curl Mascara



Este rímel foi mais uma agradável surpresa da Essence. Não chega a 3€ e proporciona densidade e um volume generoso às pestanas, ao mesmo tempo que as alonga e as curva. Olhar intenso garantido! E aguenta o dia todo. Francamente vale mesmo muito a pena. Mais uma prova que um budget pequeno não pressupõe produtos de beleza de baixa qualidade. 

Para quem não tenha uma loja que vende produtos da Essence por perto (eu costumo comprar na Wells ou na Clarel), podem adquirir na loja online da marca:  http://www.atcosmetics.pt/pt  Recomendo: recebi a minha encomenda muito rapidamente (demorou 1 dia) e pode-se pagar por multibanco.  

terça-feira, 12 de setembro de 2017

A rapariga no gelo | Robert Bryndza


Este livro prendeu-me do início ao fim! Tem uma escrita fluída, simples e bem construída. Estou ansiosa pelos próximos livros da inspetora-chefe Erika Foster. Este livro levanta várias questões muito interessantes nomeadamente a dependência da polícia ao poder político. N´A Rapariga no gelo, um rapaz descobre o corpo de uma mulher debaixo do gelo num lago num parque em Londres. A vítima é da alta sociedade londrina. Mas Erika descobre uma ligação entre este crime e os homicídios de três prostitutas. Mas a influência das altas esferas do poder fazem com que a carreira de Erika seja posta em causa e a sua própria vida seja posta em risco...

Recomendo!

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Produtos "Light" testados mas que não convenceram




Depois de ouvir falar tantas vezes da aveia com sabor, e com vontade de variar um pouco, decidi comprar farinha de aveia sabor Bombom (ainda não experimentei e estou com medo) e Cheesecake de Morango. Esta manhã fiz a minha receita base de panquecas mas com essa aveia de morango. Que horror! Tem um sabor mesmo artificial, e embora digam que não tem açúcar adicionado, é mesmo excessivamente doce. Nem lhe pus topping e tive muita dificuldade em comê-las. Da próxima vez (e só para não estragar) acho que vou misturar aveia normal com esta de sabor. É mais cara e francamente não compensa em termos de sabor, nem nutricionalmente. Vale mais usar canela ou essência de baunilha: o resultado é bem melhor e bem mais barato. 


Há anos que só uso Becel sabor manteiga. Mas quando vi que a marca tinha lançado duas variedades novas, de óleo de noz e de óleo de amêndoa e coco, tinha de experimentar. Ainda só testei a de noz e francamente cheira a noz mas o sabor é tão ténue que mal damos por ele. Eu uso uma camada fina, não sei se será por isso. Mas se esperam uma manteiga rica em sabor, não optem por esta. 


Fiquei com grandes expectativas quando a Condi lançou Pudins 0%. Admito que os testei numa altura má (a curar uma virose), mas não me cativou. Experimentei o sabor maçã/ canela: cheira maravilhosamente bem, tem textura de pudim e sabe realmente a maçã e canela. Mas nunca fui muito fã de pudim tipo Boca Doce. Nota-se que é bem menos doce mas achei muito enjoativo. O pequeno gostou bastante, mas de uma forma geral, não ficamos fãs e não vamos repetir. Existem várias variedades: mirtilo, pêssego-maracujá, melancia-morango, amora, chocolate e flan. Se calhar tive azar no sabor. Alguém experimentou outros?

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

A mulher do camarote 10 | Ruth Ware


Não sei se será algo que se passa comigo, mas ultimamente os livros não me emocionam como antes. Não é que tenha lido maus romances mas não me conseguem prender horas a fio. 

"A mulher do camarote 10" fez-me lembrar o livro "as dez figuras negras" de Agatha Christie. Este livro centra-se na história de uma jornalista que é convidada para fazer a cobertura da viagem inaugural de um cruzeiro de luxo. Em alto mar, testemunha um possível homicídio e a sua viagem começa a tornar-se um pesadelo. Afinal, todos os passageiros continuam a bordo e ninguém pode ter saído do navio. Quem morreu? O assassino está obrigatoriamente no meio dos passageiros ou da tripulação. Mas será que alguém morreu mesmo? 

A história está repleta de reviravoltas. O desfecho não é óbvio e as nossas desconfianças vão mudando de personagens ao longo das páginas. Temos sempre aquela sensação de perigo iminente. É daqueles livros que tem todos os ingredientes  para ser adaptado ao cinema. 

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

A vergonha das mães "reais"


Há dias fui buscar o pequeno ao jardim-de-infância quando me cruzei com a mãe de uma amiguinha do Simão. Aquela mãe, dez anos mais nova, toda fit, com as unhas e o cabelo sempre impecáveis. Os miúdos não se conseguiam largar e a miúda toda feliz vira-se para o Simão "vês, este é o carro da minha mãe". Aquele carro a condizer com a mãe: descapotável, preto e luzidio de tão limpo. E na inocência dos seus cinco anos, o Simão contesta "este é o carro da minha mãe". Juro que vi toda a gente a rodar a cabeça em câmara lenta para o meu carro... com quase vinte anos, a tinta a descascar e sujo, não, porco, muito porco, com tanta areia que superaria os carros do Dakar. Senti vergonha de mim mesma perante a comparação. Se o fui lavar? Não! Mas já convenci o marido a fazê-lo por mim. 

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Sobremesa deliciosa, rápida e saudável




Finalmente testei o famoso gelado de banana e manteiga de amendoim. Já devem ter percebido que adoro esta combinação em panquecas, no pão, etc. E em gelado também funciona lindamente. 

Sabem aquelas bananas que vão ficando demasiado maduras e que já ninguém come? É só parti-las aos bocados grandes, colocar num saco de congelação e colocar no congelador. Naquele dia em que vos apetecer uma sobremesa especial, vão buscar as bananas congeladas, colocam na Bimby (ou outro processador) e trituram até obter uma substância cremosa. Adicionam manteiga de amendoim a gosto, misturam mais um pouco. E é só deliciarem-se! É mesmo maravilhoso!